Relato do parto

Relato do meu parto






Hoje è dia 27/06, vim relatar meu parto com quase um mes depois do nascimento do Kaue. Tanta mas tanta coisa aconteceu nesse tempo, que vou fazer o maximo possìvel para lembrar de tudo.

Dia 29/05
Acordei de 23h pra ir ao banheiro e lembrei que peguei no sono e nem tomei cafè. Fiz xixi e como de costume, olhei a calcinha. Pra minha surpressa eu havia perdido o tampao(tipo uma meleca verde).
Acordei minha mae e avisei, eu estava tranquila mesmo. Liguei pra Virginia, e ela nao estava atendendo, liguei mil vezes e nada. Fui novamente ao banheiro e làa estava de novo, mas agora com um pouco de sangue. Comecei a ficar com medo de minha bolsa romper e liguei, liguei e liguei pra Virginia, mas ninguèm atendia.
Se nao me lembro bem, falei com o Paulo pelo Facebook ou entao a Virginia atentedeu ou retornou, so sei que falei com ela e ela disse que ia ligar pra minha mèdica, e jà estava a caminho de minha casa, pra me levar a maternidade.
Comecaram as dores, nada de colicas e sim uma dor bem abaixo da barriga, como se tivesse empurrando. Uma vontade ir ao banheiro fazer o numero 2, mas nao saia nada, tive medo dele nascer ali mesmo no sanitario e parei de tentar fazer, ja tinha duvidas que poderia ser a dor do parto.
Nao demorou muito, Virginia liga falando que a Dra. Murta nao esta atendendo e que iriamos mesmo assim, là eles ligavam pra ela.
Chegamos na maternidade, ninguèm na recepcao, so o rapaz o recepcionista. Ligaram pra Murta mil vez e ela nao atendia. Um Go estava de plantao e o recepcionista comecou a me deixar nervosa, pedindo pra mim fazer o parto com esse mèdico, que ele è muito bom, atende nos melhores hospitais e bla bla. Falei que nao com a cabeca, mas deixei ele me examinar, eu estava com medo da bolsa romper kkkk.
Ele com aquela cara de bebado fez o toque em mim, atè que nao doeu muito. Escultou o coracao do Kaue e mandou a enfermeira me internar, com a desculpa que eu morava longe, sem querer me falar nada, aff.
Voltei pra recepcao e recebi umas das noticias que eu espera mais, a Murta havia atendido, falou com o mèdico de plantao e queria falar com minha mae. Mainha pegou o celular e so falava "Huhum, ta, sim, certo". Desligou e perguntei oque ela falou. Minha mae ja com olhar de choro, falou que ela mandou me internar pra aplicar um medicamento pra fortalecer os pulmoes do Kaue, que logo cedinho ela chegava pra me examinar, pois ela estava indo buscar a filha dela no aeroporto.
Ops nisso tudo deu 00h, mas nem me lembro quando foi, entao..
Dia 30/05
Fui pra o quarto, com muito medo de ter naquele dia ou nao ter naquele dia kkk eu tinha medo por estar com 36 semanas e 6 dias, e meu bebe nao ta preparado pra nascer. A enfermeira chegou, colocou o soro com o bendito medicamento. Aquela madrugada foi boa, mas tentava descansar e nao conseguia, morrendo de sede e fome, sem poder comer nem beber. Eu me destrair assistindo Tv e mexendo no celular(Facebook).
Uma enfermeira entra no quarto e pedi a roupinha do Kaue, minha mae e eu quase morremos de medo. Perguntei se ia nascer mesmo hoje e ela falou que nao sabia. Dra. Murta chega era umas 6h, faz o toque(pela primeira vez nessa minha gravidez), sai sangue na luva dela. Esculta o coracao do Kaue, dessa vez so ela esculta. Acho que o medico ja tinha falado alguma coisa e ela nao quis que eu escultasse o aparelho. Falou pra gente que ia fazer a cesarea mas que estava com um pe atras porque podia nascer prematuro ou se ficasse por muito tempo podia acontecer o pior. Mainha quase chora e na cara dela dava pra notar o desespero. Perguntou a mèdica se dava tempo do Paulo ver o parto(ele tinha ido pra casa achando que ia dar tempo) e ela balancou a cabeca no sinal de negativo. Minha mae ainda disse que eu nao tinha dormido nada e ela brincou, disse que tambèm nao tinha dormido, ninguèm dormiu. Ela ficou preocupada.
Nisso tudo eu ja estava com aquela roupinha sexy, a foto acima rsrs, foi a ultima foto gravida. Assim que entrei no quarto eu coloquei essa bata.
Minha mae disse que iria entrar comigo, morrendo de medo rsrs mas que nao ia gravar nem tirar foto, por conta do nervosismo.
Deitei na maca, esperei um pouco e me mandaram sentar. Que medo, a anestesia. Perguntei se ia doer, tinha duas enfermeira e falaram que nao. Uma me segurou e falou que era pra mim ficar quieta que se nao ia ter que furar mais de uma vez(mentira dela, se eu nao ficasse poderia ficar paraplegica. Mas ainda bem que ela nao me falou isso, se nao eu infartava), a outra aplicou e eu quase nao sentir nada. Sò sentir um gelado, acho que era da luva ou foi o liquido. Me deitaram devagar, e eu com medo fazendo forca pra nao deitar, parecia que ela ainda tava com uma agulha nas minhas costas. Deitei e o medo sò me dominava, pensei mil coisas. Colocaram oxigenio em meu nariz, um aparelho em meu dedo que apitava, acho que era batidas do meu coracao.
O pediatra chegou, falou que ele que assistiria meu parto, me perguntou algumas coisas sobre minha gravidez e saiu de minha vista.
A Murta pegou um negocio de limpar(que nao sei o nome) parecia sangue, fiquei assustada. Um medo tremendo, parecia que aquilo tudo nao ia acabar nunca.Comecei a passar mal, nao sei se foi nervossismo. Eu fiquei como se fosse desmaiar, uma falta de ar, e quando comecaram a apertar meu estomago pronto. Uma mexida tao chata, me mandaram fazer forca e fiz(nao me lembro disso, minha mae que me falou). Demoraram muito pra tirar ele, falavam que estava sem nenhum liquido, ele estava là em cima. Achei que assim que abriram, aquele barulho de agua era minha bolsa, mas deixe que era a mangueira de lavar.
E assim que minha mae entrou na sala, eu ja  nao estava passando mau, atè sorrir pra ela. Ela tirou o Kaue e nem sentir(eu acho), parecia que eu estava mais anestesiada do que nunca, acho que cansada ou entao ja haviam me dado o medicamento pra relaxar. Kaue chorou e se engasgou, a Murta atè falou que era pra ele se engasgar mas era pra chorar rsrs Minha mae falo que o pediatra ja estava ate se preparado pra pegar ele e correr, mas gracas a Deus nao precisou. Ele me mostrou ele, chorei muito. Uma sensacao de que tudo tinha dado certo e principalmente que aquele ser que gerei, estava agora em minhas vistas. Um amor que chegava atè a doer. Me deu um alivio tremendo nessa hora, relaxei mais ainda.
Levaram ele, e minha mae fez o sinal de que ia com ele, afirmei com a cabeca(ou sei la com oq foi), e ela foi. Me costuraram claro, mas nem me lembro dessa parte, acho que dormir ou entao tava muito dopada. Lembro que me deixaram morrendo de frio, demorou um bom tempo e me levaram pra o quarto. Perguntei a minha mae onde ele estava e ela falou que ele tava no aquecedor, perguntei umas 3 vezes acho. Ele demorou muito pra chegar, o Paulo e a Virginia estava là. Minha mae falou que ele ficou bem triste ao saber que jà tinha nascido e ele nao viu o parto, e Virginia encheu os olhos de lagrimas rsrs.
Quando ele chegou no quarto levantei a cabeca(abaxei rapido, lembrei que nao podia).
Acho que se eu tiveese falado antes, lembraria de todos os detalhes, como sofrir demais depois do nascimento dele, esqueci dos detalhes.
Quando ia sair da maternidade, no dia 2 eu ja estava com comeco de cefaleia, mas fui pra casa mesmo assim. Voltei uns dias depoismorrendo de dor de cabeca, meus seios enormes empredados, uma tosse que parecia que minha cirurgia ia abrir a qualquer momento e uma dor insuportavel de gazes. Eu chorava feito menina de dor, sofrir muito, mas minha fè estava firme, pedia a Deus que me ajudasse e fui melhorando cada vez mais.
Eu nao quria ficar so com o Kaue, eu nao aguentava cuidar dele so, morria de chorar por tudo, tudo mesmo.
Quando melhorei de tudo, Kaue fica gripado e logo depois pega pneomonia, fica internado, e aquele sofrimento do comeco, vejo que nao era nada comparado a esse.
Gracas ao meu Deus, Kaue està bom, recebeu alta e estamos em casa, um
  trabalho tremendo que um bebe dà, mas recompensa muuito.
No final falei apenas os pequenos detalhes por serem muito traumatizantes pra mim, jà passou e, è isso que importa. OxIGENIO, UCI, HOSPITAL, PNEOMONIA, GRIPE nunca maiis, amèm!!!
So tenho a agradecer por Deus ter me dado esse presente maravilhoso, muito obrigada Senhor, por tudo que tem me dado, por me escultar tanto e de me ter me dado esse dom de ser mae.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Mamãe te ama meu bebê Blogger Template by Ipietoon Blogger Template